NOTÍCIAS /

Richard Dean Anderson regressa a ‘Stargate SG-1’ para leitura de mesa

 

As estrelas originais de Stargate SG-1 estão novamente juntas para uma história inédita com um guião em A.I.

Apresentado por: Matthew Jackson


Em 2021, vários membros importantes da franquia Stargate reuniram-se em torno de um evento de leitura de mesa. O motivo? A leitura de um guião que foi gerado, na sua íntegra, por inteligência artificial. Agora, 'Stargate A.I.' está de regresso com uma história totalmente nova e, desta vez, traz consigo as três estrelas originais do 'Stargate SG-1'.

The Companion, site de ficção científica e espaço para eventos de fãs, anunciou recentemente que, no final de maio, irá lançar 'Stargate A.I. 2.0', uma nova história de leitura de tabela gerada pelo Google Artificial Intelligence sob a supervisão do co-criador do SG-1, Brad Wright. Juntando-se a Wright para esta jornada em particular, estarão Amanda Tapping como Samantha Carter, Michael Shanks como Daniel Jackson e Richard Dean Anderson como Jack O'Neill. O projeto marca a primeira vez, em quase uma década, que Anderson faz uma atuação no papel de ator.

Espreita o trailer oficial de ‘Stargate A.I.’

O evento apresenta as três estrelas do SG-1 em preparações para se divertirem com o novo guião. O tom é de brincadeira durante uma videochamada, enquanto comentam o regresso inesperado de Anderson à atuação, tudo para o deleite do apresentador e superfã de Stargate, Marc Evan Jackson.

‘Stargate A.I.’ estreou-se no outono passado no site The Companion, com uma leitura de mesa que apresentava uma série de cenas protagonizadas por personagens de toda a franquia. A ideia foi originalmente gerada quando Wright percebeu que não queria usar um guião pré-existente Stargate pré-existente para um evento de leitura de mesa ao vivo proposto no The Companion (onde também está hospedado um podcast), e ele não poderia, realmente, escrever uma nova história para ser tocada ao vivo sem permissão do estúdio. Por isso, a ideia foi deixar uma inteligência artificial tentar. Porque não?

"Tinha a noção de, se não fosse eu a escrever, que poderíamos ter AI a escrever", afirmou Wright, em declarações ao SYFY WIRE. "O meu mais recente programa, Travelers, era muito sobre AI, [e] tinha outra série em desenvolvimento que era fortemente voltada para AI. Por isso, a minha cabeça estava no espaço da AI. Mas pensei, por que não divulgar? Por que não sugerir que façamos um projeto de leitura científica com membros do elenco? Sabia que alguns deles, simplesmente, apaixonar-se-iam pela ideia, porque os conheço e sei como pensam."

Wright juntou-se a Laurence Moroney, líder da Google A.I., que testou vários projetos de A.I., em vários guiões e histórias de Stargate para gerar novo material. Agora, aqueles bots de A.I. lançaram uma nova história SG-1, e The Companion promete que, com a evolução das coisas, os mesmos tornaram-se ainda mais sofisticados desde o primeiro evento. ‘Stargate A.I.’ 2.0 estreia a 21 de maio num evento de transmissão ao vivo organizado pelo site e estará disponível para assistir sob demanda para assinantes do Companion por uma semana após o evento.

Notícia originalmente publicada em SYFY WIRE


Etiquetas: SG-1   Stargate A.I.   The Companion   Richard Dean Anderson   Leitura   Syfy   Portugal   Notícias  


Comentários