Notícias /

Um spin-off de 'A Guerra dos Tronos'? George RR Martin diz que é possível!

Ainda não há certezas, mas o futuro é promissor!

Só boas notícias hoje! É que o escritor George R.R. Martin, criador dos livros de 'A Guerra dos Tronos', garantiu ter “milhares de páginas” já escritas para servirem de base a uma série derivada de GOT, caso a HBO tenha interesse em estender a franquia numa segunda série. Seria um prólogo, mas não incluiria apenas os três livros já publicados sobre as aventuras de Dunk e Egg, iniciados em 'O Cavaleiro dos Sete Reinos', que contam a história de Sir Duncan e do seu escudeiro, conhecido como Egg, um menino que, na verdade, é Aegon Targaryen, o futuro rei de Westeros e o bisavô de Daenerys.

Nos bastidores da cerimónia dos Emmy'16, e em declarações ao site Deadline, Martin revelou ter "milhares de páginas sobre as histórias que levaram a tudo o que acontece em 'A Guerra dos Tronos'. "Tenho muito material e continuo a escrever mais", concluiu. Porém, o escritor avisa que este projeto ainda não foi oficializado e, antes de discutir isso, “planeia terminar os dois livros que tem para escrever, então tudo isso é especulação”.

Mas, uma vez que foi o próprio a trazer o assunto à tona, este pode ser sinal de que a HBO já tenha feito uma consulta ao projeto. Especialmente, se tivermos em conta o sucesso de GOT, que além de ser um sucesso de audiências, fez história nos prémios Emmys, tornando-se na série mais premiada de sempre, com 38 galardões.

Entretanto, os criadores, roteiristas e produtores de 'A Guerra dos Tronos', David Benioff e DB Weiss, não têm intenções de continuar a trabalhar com o mundo de Westeros, após o final da série. À conversa com a revista Entertainment Weekly, também nos bastidores do Emmy, Benioff desconversou sobre o assunto. “Tens de perguntar isso ao George”, disse. “É um grande mundo criado pelo George. Acho que é um mundo muito rico e tenho certeza de que teremos outra série baseada em Westeros, mas para nós acabou. Por isso, essa é mesmo uma questão para ele [Martin].”

Conta-nos: terias interesse em ver um spin-off de GOT?

Comentários